terça-feira, 26 de julho de 2016

Maria Severa Onofriana nasceu em Lisboa em 1820 a 26 de Julho.



Maria Severa Onofriana nasceu em Lisboa em 1820, o seu nome incessante referência como a primeira cantadeira do fado. Segundo as lendas Maria Severa levou o fado para as ruas da Mouraria aonde ele existia somente dentro das tabernas. Segundo as lendas e a imaginação do escritor Júlio Dantas, Maria Severa desempenhou determinado romance com o Conde de Vimioso o Dom Francisco de Paula Portugal e Castro. Conhecimento exacto destes acontecimentos não existem nem provas de tal. Por conseguinte restam-nos dúvidas e símbolos semelhantes a uma fábula.
O que se torna evidente são os dados no livro de óbitos da Paróquia de Socorro em Lisboa que Maria Severa faleceu às 21 horas no dia 30 de Novembro de 1846 na Rua do Capelão Nº35-A-Loja com a causa de morte congestão cerebral. Citando a mesma fonte, indica que às 16,30 horas no dia 1 de Dezembro de 1846 o seu funeral entrou no cemitério do Alto de São João e, que foi sepultada no dia 2 de Dezembro de 1846 às 7 horas numa vala comum.
As lendas e histórias aumentaram apôs a morte da Severa e o Conde de Vimioso e, elevou o fado para a classe dos aristocratas que o próprio Rei D.Carlos aprendeu a tocar guitarra Portuguesa com lições do popular guitarrista da época João Maria dos Anjos. A legação da Severa é que a sua lenda, maior e ampliada mais com os anos que se passam, foi este o seu fado.