Notícias na Hora

Loading...

sexta-feira, 25 de junho de 2010

A 26 de Junho de 1984, morre Michel Foucault

Foucault
(1926-1984)


Michel Foucault nasceu em Poitiers (França), estudou filosofia e psicologia na École Normale Supérieure de París. Na década de 60  fica à frente do Departamento de filosofía das Universidades de Clermont-Ferrand e Vincennes. Em 1970 foi eleito para o Collège de France, com o título de professor de História dos Sistemas de Pensamento, desfrutando um enorme prestígio internacional até à data da sua morte.
Filosofia
Foucault foi o principal representante do estruturalismo. Toda a sua obra é um exaustivo trabalho de arqueologia do saber ocidental, pondo em evidência as estruturas conceptuais que à priori e em época determinam as articulações entre o saber e o poder, estabelecendo o que é interdito e o que é permitido. 
O pensamento de Foucault explorou os modelos de poder nas várias sociedades, e a forma que como este se relaciona com as pessoas.
A sua obra pode ser dividida em três fases fundamentais:
a) Estudos sobre a Loucura. Quando foi leitor na Universidade de Uppsala (Suécia) dedicou-se ao estudo sobre a loucura no mundo ocidental.Obra central: Loucura e Civilização (1960);
b) Estudos sobre a rede conceptual, de uma dada época. Obra fundamental: As palavras e as Coisas (1966).
b) Estudo sobre o poder,prisões e sexualidade. Obras Fundamental: História da sexualidade (1976,1984). 
Foucault apela ao desenvolvimento de uma ética individual de resistência ao poder, que possibilite simultaneamente viver uma vida digna de admiração. 

Sem comentários:

Enviar um comentário