Notícias na Hora

Loading...

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

A 18 de Dezembro de 2011 - Morreu Václav Havel, escritor, intelectual e dramaturgo tcheco. Foi o último presidente da Tchecoslováquia e o primeiro presidente da República Tcheca

A 18 de Dezembro de 1737 - Morreu Antonio Stradivari, luthier italiano

A 18 de Dezembro de 1980 - Nasceu Christina Aguilera, cantora norte-americana.

A 18 de Dezembro de 1968 - Nasceu Alejandro Sanz, cantor espanhol.

A 18 de Dezembro de 1963 - Nasceu Brad Pitt, ator norte-americano.

A 18 de Dezembro de 1946 - Nasceu Steven Spielberg, diretor de cinema e empresário norte-americano.

A 18 de Dezembro de 1946 - Nasceu Steve Biko, militante do movimento antiapartheid

A 18 de Dezembro de 1913 - Nasceu Willy Brandt, político alemão

A 18 de Dezembro de 1879 - Nasceu Josef Stalin, líder soviético

A 18 de Dezembro de 1879 - Nasceu Paul Klee, pintor suíço

A 18 de Dezembro de 1863 - Nasce Francisco Ferdinando, arquiduque da Áustria-Hungria cujo assassinato serviu de pretexto para deflagrar a Primeira Guerra Mundial

A 18 de Dezembro de 1961 - O distrito português de Damão foi invadido e ocupado pelas tropas da União Indiana

Primeiras páginas dos jornais publicados hoje - 18/12/2014





















quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

A 17 de Dezembro de 2011 - Morreu Sergio Borges, cantor português, vocalista do Conjunto Académico João Paulo



A 17 de Dezembro de 2011 - Morreu Kim Jong-Il, Líder Supremo da Coreia do Norte

A 17 de Dezembro de 2011 - Morreu Joãosinho Trinta, carnavalesco brasileiro

A 17 de Dezembro de 2011 - Morreu Eva Ekvall, apresentadora de TV e modelo venezuelana, eleita Miss Venezuela em 2000

A 17 de Dezembro de 2011- Morreu Cesária Évora, cantora cabo-verdiana

A 17 de Dezembro de 1987 - Morreu Marguerite Yourcenar, escritora belga de língua francesa

A 17 de Dezembro de 1929 - Morreu Gomes da Costa, oficial do exército e político português





A 28 de Maio de 1926, um movimento militar triunfante, comandado pelo General Gomes da Costa, põe fim à Primeira República e instaura uma Ditadura Militar. Este movimento teve imediata e ampla adesão da população, que cansada da instabilidade político-social, via na ditadura um meio "provisório" para instaurar a paz social e a ordem, que permitissem o progresso do País.
Mas Salazar, primeiro como Ministro das Finanças e depois, Chefe do Governo, apoiado por forças políticas da extrema-direita, prolonga a ditadura, consolida-a, torna-a pessoal e "definitiva".
Desde 1926 e até ao 25 de Abril de 1974, vive-se em Portugal, por quase meio século, um regime anti-democrático, autoritário e de repressão sistemática das liberdades.