segunda-feira, 13 de julho de 2015

A 13 de Julho de 2007 - O poeta Fernando Echevarría vence, com "Obra Inacabada", a edição de 2007 do Prémio Sophia de Mello Breyner Andresen.


A edição deste volume, impresso em papel bíblia, assinala os 50 anos de vida literária do autor, iniciada em 1956 com «Entre dois Anjos», livro que imediatamente chamou a atenção da crítica para a qualidade poética de Fernando Echevarría.
Cinquenta anos depois, Fernando Echevarría é seguramente um dos maiores poetas portugueses vivos, autor de uma obra poética extensa, tendo vários dos seus livros recebido prémios atribuídos por júris qualificados. Foi igualmente galardoado com o primeiro Prémio Padre Manuel Antunes, atribuído em 2005 pelo Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura, assinalando não só a sua estatura poética mas também a sua dimensão cívica e humana.