quinta-feira, 17 de setembro de 2015

E neste debate - Passos/Costa- houve um empate!...

O filósofo diz que Passos Coelho voltou à sua postura habitual de “ilusão” e “bluff”
Os dois sairam a perder”, mas o primeiro-ministro e líder do PSD perdeu mais, considera o filósofo José Gil a propósito do debate radiofónico desta quinta-feira de manhã entre Pedro Passos Coelho e António Costa.
Em declarações à Antena 1, José Gil disse que a perceção da realidade esteve no centro do debate e que embora o primeiro-ministro não tenha mentido, ele voltou à sua pose habitual: “Não é mentira (…) Ele é uma ilusão, é um bluff, porque ele é formado assim”.
“O dr. Passos Coelho saiu a perder, foi mais do que a sua imagem, foi a imagem da sua governação”, acrescentou,
Quanto, ao líder do PS o filósofo considera que também que também perdeu porque “não soube reforçar a onda” o “rompimento da capa de inibição” que levou os portugueses a deixarem de ter pudor em exprimirem o seu descontentamento face à degradação das suas condições de vida.