segunda-feira, 19 de outubro de 2015

A 19 de Outubro de 1745 - Morre o escritor irlandês Jonathan Swift, autor de " As Viagens de Gulliver"



Jonathan Swift nasceu em Dublin no dia 30 de Novembro de 1667 e faleceu na mesma cidade a 19 de Outubro de 1745. Foi um dos maiores escritores satíricos de língua inglesa e um poeta notável, cuja obra se distinguiu pelo vigor e espontaneidade, o que lhe valeu o reconhecimento da sociedade da época.
Entre os sete e os quinze anos frequentou a Grammar Scholl de Kilkenny em Dublin e em 1682 ingressou no Trinity College de Dublin, onde, apesar das constantes punições, se licenciou quatro anos mais tarde. Em 1692, e depois de se empregar como secretário de Sir William Temple, estadista e escritor de grande prestígio, obteve o doutoramento em Hart Hall, Oxford. Em 1694 foi ordenado sacerdote da Igreja Anglicana e colocado na paróquia de Kilrrot, perto de Belfast, uma paróquia hostil à sua Igreja, o que o fez decidir a voltar ao serviço de William Temple até à morte deste em 1699. Desempregado, regressa então à Irlanda como capelão de Lorde Berkeley. Em 1702 obteve o doutoramento em Teologia em Dublin e cinco anos depois voltou a Londres designado pelo clero inglês embaixador perante o governo. Devido a questões políticas, a sua gestão foi pouco eficaz mas, em compensação, tornou-se nesta altura uma celebridade literária. Grande moralista, é possível que o seu génio literário nascesse da desesperada indignação que experimentava frente à habilidade do homem em "aplicar mal a sua razão para aumentar a corrupção". Depois da sua primeira obra impressa, Ode to the Athenian Society (1692), o seu estilo evolui de forma notável nas obras posteriores entre as quais há que mencionar as sátiras Tale on a Tub (1704) e Battle Between the Ancient and Modern Books (1704). Escreveu também Journal to Stella (1714), As Viagens de Gulliver (1706), sua grande obra prima e uma sátira cáustica não apenas da sociedade como também da mesquinhez do género humano, Cadenus and Vanessa (1726), Sobre a Poesia (1733), The Legion Club (1736), Verses on the Death oh Doctor Swift (1739) e Directions to Servants(1745). No fim dos anos de 1730 começou a entra em declínio e, em 1742, recebeu o diagnóstico médico de "incapacidade mental e da memória", vindo a falecer três anos mais tarde.