terça-feira, 24 de novembro de 2015

A 24 de novembro de 1632 - Nasce Baruch Spinoza





Filósofo filho de uma família de judeus portugueses emigrados na Holanda, Baruch / Bento / Benedictus de Espinoza / Espinosa / Spinoza nasceu a 24 de novembro de 1632 e faleceu a 21 de fevereiro de 1677.
 “A formação religiosa de Espinosa: (…) judeu de origem portuguesa (de família marrana), Espinosa viveu sempre na Holanda. Teve em primeiro lugar uma formação judaica tradicional na sinagoga portuguesa de Amesterdão (1639-50); aprendeu hebreu, a Tora, um pouco do Talmud (embora não tenham sido encontrados vestígios da sua inscrição nas grandes aulas da sinagoga). Sabemos que nessa altura reina em Amesterdão um clima de tolerância excecional e que os Judeus estão aí bem integrados. Mas existem, evidentemente, figuras dissidentes de destino trágico: Uriel da Costa, excluído em 1633 por se ter orientado para a religião natural, suicida-se em 1640. Espinosa é objeto de uma expulsão definitiva (Herem) a 27 de Julho de 1656. Em 1661, sentindo-se ameaçado, deixa Amesterdão e parte para Rijnsburg onde frequenta os meios colegiais. Em 1666, o seu médico e amigo Louis Meyer publica um livro que fará escândalo: La Philosophie interprète de l’Écriture Sainte. Em 1670, é publicado anonimamente o Tratado Teológico-Político; em 1677, Espinosa morre e os seus amigos publicam as suas Opera Posthuma”