quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

A 09 de Dezembro de 2013 - Morre Eleanor Jean Parker



Eleanor Jean Parker, actriz norte-americana, nomeada três vezes para o Oscar de Melhor Actriz, morreu em Palm Springs no dia 9 de Dezembro de 2013. Nascera em Cedarville, em 26 de Junho de 1922.
Mulher muito bela, Eleanor ficou marcada pelas personagens determinadas que interpretou ao longo da sua carreira, tendo-se tornado, também, uma actriz de grande versatilidade, o que a fez ficar conhecida pela «mulher de mil faces», que foi mais tarde o título da sua biografia escrita por Doug McClelland.
Foi uma das actrizes mais populares nos seus anos áureos e mesmo depois, quando a sua carreira já entrava num certo declínio, em que integrou ainda o elenco de “The Sound of Music” (1965), um mega sucesso internacional estrelado por Julie Andrews e Christopher Plummer, em que Parkerinterpretou o papel da elegante Baronesa Elsa von Schraeder.
Começou a sua vida artística actuando no Pasadena Playhouse, um pequeno teatro de Pasadena. Recusou entretanto duas proposições de contratos da Fox e da Warner para não interromper os estudos.
Contratada finalmente pela Warner Bros, estreou-se aos 19 anos em “They Died with Their Boots On” (1941), um filme com Errol Flynn e Olivia de Havilland. Teve depois pequenos papéis no estúdio até ver reconhecida a sua capacidade de interpretação dramática e ser convidada para o remakede “Of Human Bondage” (1946), mas o filme foi um fracasso e ela voltou a papéis menores.
Foi com “Caged” (1950), no papel de uma presidiária, que Eleanor Parker ingressou definitivamente no mundo das grandes estrelas de Hollywood, sendo nomeada para o Oscar de Melhor Actriz e recebendo a Coppa Volpino Festival de Veneza. Seguiram-se mais duas indicações para os Oscars, com “Detective Story” (1951), com Kirk Douglas, e “Interrupted Melody” (1955).
Na segunda metade dos anos 1950, Parker era uma actriz consagrada. Na década de 1960, porém, a sua carreira cinematográfica começou a ser irregular. Apesar de continuar a representar até 1991, especialmente filmes e séries para televisão, o seu único grande sucesso no cinema foi a película já referida, “The Sound of Music”, um grandioso musical da Fox (1965).
Protagonizou ao todo 45 películas (1941/1979) e 15 trabalhos para televisão (1960/1991).
Tendo sido criada segundo as regras do protestantismo, Eleanor converteu-se ao judaísmo já na vida adulta. Foi casada quatro vezes, tendo tido quatro filhos. Viúva desde 2001, viveu retirada em Palm Springs, falecendo aos 91 anos de idade, vítima de complicações derivadas de uma pneumonia. Tem uma estrela na Calçada da Fama no Hollywood Boulevard.