segunda-feira, 20 de novembro de 2017

SERÁ QUE VÃO COMEÇAR ASSIM TODAS AS DECLARAÇÕES PARLAMENTARES?



Deputado alemão recebe críticas por começar os seus discursos com "senhoras e senhores"... e não contemplar o terceiro sexo. Então, tendo tomado a palavra, vejam como ficou a saudação depois das críticas...



Um parlamentar alemão ridicularizou um projecto de lei que pretende reconhecer “distintos tipos de género” em seu pronunciamento no parlamento de Brandenburgo. Steffen Königer, do partido Alternativa para a Alemanha (AfD, na sigla alemã), começou a tradicional saudação no início do discurso dizendo: “Caro senhor presidente da câmara, senhoras e senhores, caros homossexuais, caras lésbicas, caros andróginos, caros bigéneros” e não parou até enunciar dezenas de “identidades de género”, em uma saudação que levou mais de dois minutos. Em dado momento da extensa introdução, o presidente da assembleia interrompeu o parlamentar dizendo: “O senhor me permite interpor uma pergunta?”, mas Königer respondeu: “Ainda não terminei minha introdução, senhor presidente. Desculpe-me”, fazendo rir os presentes e dando continuidade aos seus cumprimentos. Ao terminar a saudação, Königer disse apenas: “A AfD rejeita a sua proposta. Obrigado”, e se dirigiu ao seu assento. A proposta foi apresentada pelo Partido Verde alemão. Königer disse ao jornal Junge Freiheit que sua intenção era ilustrar qual seria o resultado de aceitar tamanha diversidade de géneros. “Poderia ter lido cem ou mais, mas teria sido entediante”, afirmou ele, que citou cerca de sessenta géneros reconhecidos actualmente na tribuna. O parlamentar disse ter usado a lista de géneros que o Facebook oferece para que o usuário preencha o seu perfil.