terça-feira, 10 de novembro de 2015

A 10 de Novembro de 1919 - Nasceu Mikhail Timofeevich Kalashnikov



Mikhail Timofeevich Kalashnikov, militar russo, notável projectista de armas (especialmente a célebre espingarda de assalto AK-47), nasceu em Kurya, Altai, no dia 10 de Novembro de 1919. Morreu em Ijevsk, em 23 de Dezembro de 2013.
Oriundo de uma família de camponeses, aos 15 anos já trabalhava num depósito dos caminhos-de-ferro. Foi recrutado pelo exército em 1938 e designado como motorista/mecânico de carros de combate, sendo promovido a sargento no 24º Regimento de Carros de Combate da 12ª Divisão de Cavalaria Blindada.
Na batalha de Briansk, numa operação destinada a travar o avanço das forças alemãs sobre Moscovo (1941), foi ferido gravemente e hospitalizado. Durante a convalescença, ainda no hospital, começou a desenhar modelos de pistolas pois achara as armas alemãs tecnicamente muito superiores. Escutou também reclamações de soldados sobre as espingardas utilizadas pela infantaria. Projectou então um protótipo de “submetralhadora”, que não foi aceite pelas forças armadas soviéticas. Entretanto, o seu talento natural para a criação de armas foi finalmente reconhecido por um seu superior hierárquico, sendo colocado no Centro de Desenvolvimento Científico de Armas Ligeiras da URSS.
Naquele centro, em 1944, projectou uma carabina operada a gás, sendo a arma base utilizada numa competição de armas leves ocorrida em 1946. Este processo culminaria no projecto da AK-47 (Avtomat Kalashnikova - 1947), que viria a tornar-se a arma de assalto padrão da infantaria soviética. Após isso, retirou-se da vida militar. Embora existam cerca de 100 milhões de espingardas originadas da AK-47, Kalashnikov não recebeu qualquer direito relativo a sua criação, pois no direito soviético a propriedade intelectual era colectiva. Curiosamente, recebeu alguns proventos pela utilização do seu nome na vodka Kalashnikov.
Posteriormente, foi promovido honorificamente a coronel em 1971. Recebeu o título de doutor honorário em Ciências e Técnicas, nesse mesmo ano. Em 1994 (seu 75º aniversário), foi promovido a general. Viveu na cidade de Ijevsk, em Udmurtia, até ao seu falecimento com 94 anos de idade.
No total, criou cerca de 150 modelos de armas. Segundo a sua biografia, ele é a personalidade mais decorada da Rússia. Foi também deputado do Soviete Supremo.
Acerca da espingarda AK-47, ele afirmou – quando de uma visita à Alemanha: «Estou orgulhoso da minha invenção, mas entristece-me que ela seja também utilizada por terroristas», acrescentando «Preferia ter inventado máquinas que as pessoas pudessem utilizar na agricultura». Em 2009, declarou ainda «É desagradável ver tantos criminosos a utilizar as minhas armas».